Expedição ao desconhecido

04.09.07

  Um dia estavam na quinta do Sr. Joaquim os dois gatinhos: Malandréco e Taréco a brincarem muito aborrecidos, porque já tinham feito aquela brincadeira muitas vezes, por isso decidiram ir passear pelo bosque, que era uma coisa que nunca o fizeram antes, e assim foi.

  Iam os dois gatinhos passeando pelo bosque até que encontraram um esquilo, e por larga curiosidade quiseram conhece-lo, e assim foi, mas logo depois o esquilo levou-os acima de uma árvore, para lhes mostrar apaisagem do bosque, mas ao descer eles tinham muito medo.

  Entretanto na quinta estava toda a gente preocupada com os gatinhos, principalmente a mãe-gata, então decidiram fazer uma busca, que nela participavam: a mãe-gata, os cães Rex e Azor, o gato Timóteo e o cavalo Maurício, passando pouco tempo os cães Rex e Azor já tinham apanhado o rasto dos gatinhos, e pouco depois chegaram á árvore, de seguida o cavalo Maurício foi á quinta buscar um grande cobertor, depois todos esticaram-no, e os gatinhos saltaram.

  Eles aprenderam que nunca devemos ir a lugares que não conhecemos sem a presença  de um adulto.
publicado por Xipsi às 14:40

Uma aventura perigosa

04.09.07
  Um dia enquanto o Pedro ia a passear pela cidade viu uma quadrilha de ladrões a assaltarem uma loja de desporto. O Pedro desatou a correr a chamar os amigos, quando chegaram a casa combinaram pedir ao primo do Pedro que tinha uma loja de desporto, inventar a venda de uma prancha de surf caríssima, e assim foi, uma semana depois afixaram a promoção e combinaram a emboscada com a policia, e nesse mesmo dia á noite, os ladrões entraram em acção, quando entraram na loja, o Pedro e os amigos apanharam-nos, a policia levou-os para a esquadra e passando uma semana foram a tribunal e foram condenados a cinco anos de prisão.  
publicado por Xipsi às 14:38

A Tempestade

04.09.07

  O sol de Julho apertava e o Rex brincava transpirando, de repente decidiu ir dar um passeio até ao bosque, até lá foi deslumbrando as paisagens campestres. Quando lá chegou encontrou uma formiga, e perguntou-lhe onde estavam as suas amigas, ela respondeu-lhe que estavam dentro do formigueiro, porque estava prestes a começar uma enorme tempestade, mas o Rex continuou o seu passeio não dando ouvidos á formiga porque ainda não tinha visto nenhuma nuvem. De repente ouviu um estrondo acompanhado por uma enorme faísca rasgando o céu, com tal acontecimento, correu para debaixo de uma árvore, foi então que viu o seu amigo esquilo a dizer para subir á árvore para a sua beira, mas o Rex disse-lhe que não conseguia subir á árvore e que se ia esconder debaixo da árvore, mas o esquilo disse-lhe que era muito perigoso, foi então que apareceu a sua amiga serpente que o levou para uma toca de coelho, quando lá chegou murmurou, que estava sozinho e com muito medo, então apareceu um rato.

  Eles ficaram á conversa horas e horas, e quando deram por ela a tempestade já tinha acabado.    

 
publicado por Xipsi às 14:36

A Vida

04.09.07

A vida é o hoje

e o amanhã,

mas nem sempre

á nossa maneira está.

 

A vida é feita

para ser vivida

e conduzida

para bons ou maus caminhos.

 

A vida é como é

e nunca vai deixar de ser

o que é!

publicado por Xipsi às 14:32

mais sobre mim

pesquisar

 

Setembro 2007

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

últ. comentários

  • bom demais mas a alcoviteira era uma rapariga
  • Falta o enforcado, assim não tem muito jeito.
  • Eu queria saber a caracterização do anjo, pois na ...
  • Olha muito bom cabrões
  • A Brízida Vaz tem como destino final a barca do di...
  • Obrigado vou ter teste daqui a 10 horas espero qe ...
  • falta o enforcado
  • Excelente síntese a melhor que encontrei na net......
  • A historia nem e assim!!!
  • Senti falta do enforcado :c

mais comentados

links

subscrever feeds

blogs SAPO


Universidade de Aveiro